segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Dieta do Verão 2014

O verão está chegando e você anda pensando como vai pegar aquela praia? Usar biquini ainda não dá? Entre agora em um programa de reeducação alimentar pra valer que seca nada menos do que 6 quilos em duas semanas!

Ainda dá tempo de mudar de vez o seu corpo, diminuindo do manequim 44 para o 40 e garantir uma temporada arrasadora de sol e mar. O segredo é começar já uma dieta  nutritiva e balanceada, com sucos desintoxicantes, fácil de fazer e que ainda ajuda a espantar o calor. “Este programa alimentar promove a eliminação das toxinas, favorece o trânsito intestinal e combate o inchaço. Outro trunfo é a quantidade de fibras que contém, vinda da combinação de verduras, frutas, sucos, shakes e saladas pra lá de incrementadas. O resultado é uma sensação de saciedade prolongada zero compulsão”, explica Vanessa Portella, nutricionista (RJ), que elaborou o cardápio. O menu dá direito a macarronada, hambúrguer e até berinjela recheada... Tudo isso sem ultrapassar as 1.200 calorias diárias! É testar para aprovar!


Cardápio especial para eliminar 6 quilos em duas semanas 


1º dia

Café da manhã- 1 copo de suco feito com 1 xíc. (chá) de uvas vermelhas, 2 folhas de hortelã, 1 col. (sobremesa) de farinha de linhaça e 200 ml de água
- 2 torradas integrais light
-  1 col. (sobremesa) de geleia light
Lanche da manhã  
-1 xíc. de chá-verde
- 1 maçã
Almoço
- 1 prato raso de salada de alface-americana e rúcula com 1 col. (sopa) de cenoura ralada
- 4 col. (sopa) de couve cozida com alho e 1 fio de azeite
- 1 posta de peixe assada
- 1 kiwi
Lanche da tarde  
- 1 copo médio (300 ml) de suco feito com 2 fatias de abacaxi, 1 folha de couve,1 col. (chá) de mel e água a gosto
- 2 castanhas-do-pará

Jantar - 1 prato raso de salada de agrião com ¼ de pepino e 1 tomate, ambos picados em rodelas
- 2 col. (sopa) de brócolis cozidos no vapor com 1 fio de azeite
- 2 conchas médias de sopa de legumes feita com espinafre, escarola, abobrinha, cenoura,chuchu e fi é de frango desfiado
Ceia  
- 1 xíc. de chá de camomila

2º dia

Café da manhã
- 1 copo de suco feito com 250 ml de chá de hibisco, caldo de ½ limão e 1 col. (sopa) de capim-limão picado. Os ingredientes devem ser batidos no liquidificador e coados
- 1 fatia de pão integral
- 2 claras de ovos mexidas com orégano e ½ tomate picado
Lanche da manhã
- 2 damascos secos doces 
Almoço
- 1 prato raso de salada de alface roxa e agrião com 2 col. (sopa) de beterraba ralada e gergelim salpicado
- 4 col. (sopa) de couve-flor cozida ao vapor com 1 fio de azeite
- 1 filé de frango grelhado

Lanche da tarde - 1 taça de gelatina diet
- 2 col. (sopa) de melancia picada

Jantar
- 1 prato raso de salada de alface-americana com 1 col. (sopa) de cenoura ralada e 1 col. (sopa) de broto de feijão. Salpique sementes de girassol
- 2 conchas de sopas de legumes feita com repolho, acelga, couve, cenoura e filé de frango desfiado

Ceia
- 1 xic. de chá de erva-doce

3º dia

Café da manhã
- 1 copo de shake feito com 200 ml de leite de soja batido com 4 morangos e 2 col. (sopa) de gelatina em pó sem sabor
- ½ papaia com 2 col. (sopa) de farinha de aveia 
 Lanche da manhã
1 xíc. de chá de hibisco
- 2 nozes

Almoço
- 1 prato raso de salada de rúcula com 4 tomates cereja
- 2 col. (sopa) de abobrinha refogada
- 2 col. (sopa) de arroz 7 cereais
- 1 posta de peixe grelhado

Lanche da tarde
- 1 copo médio (300 ml) de suco feito com 2 fatias de abacaxi, 1 maçã, 1 col. (chá) de gengibre e água a gosto
- 2 ameixas vermelhas
Jantar
- 1 prato raso de salada de alface-crespa com 1 palmito cortado em rodelas e 1 rabanete ralado. Salpique gergelim
- 2 col. (sopa) de berinjela refogada
- 1 omelete feito com 3 claras, 2 col. (sopa) de atum light e 1 tomate picado em cubos

Ceia
- 1 taça de gelatina diet

4º dia  


Café da manhã
- 1 copo médio (300 ml) de suco feito com 1 fatia de melão, 1 xíc. de chá-verde, 1 col. (chá) de mel e água a gosto
- 2 torradas integrais
- 1 col. (sopa) de pasta de soja

Lanche da manhã
- 1 xíc (chá) de melancia picada

Almoço
- 1 prato raso de salada de alface-americana e roxa com 1 col. (sopa) de milho-verde, 2 tomates cereja e 2 fatias de abacaxi picado
- 1 sobrecoxa de frango assada com ervas
- 2 col. (sopa) de arroz integral com brócolis

Lanche da tarde
- 1 copo de shake feito com 200 ml de leite de soja batido, 1 porção de gelatina diet de morango e 1 polpa de frutas vermelhas

Jantar
- 1 prato raso de salada de brócolis e couve-flor com 2 col. (sopa) de cenoura cozida no vapor. Salpique lascas de amêndoas
- 3 col. (sopa) de salada feita com couve picada, 1 col. (sopa) de quinoa,  ½ tomate e ¼ de pepino. Tempere com shoyu light, 1 fio de azeite e aceto balsâmico
- 1 hambúrguer de soja

Ceia
- 1 xíc. de chá de erva-cidreira

5º dia

Café da manhã
- 1 xíc. de chá de hibisco com canela
- 1 fatia de pão integral
- 2 fatias de peito de peru
- 1 fatia de melão

Lanche da manhã
- 1 pote (250 ml) de iogurte de soja

Almoço
- 1 prato raso de salada de alface-crespa com endívia, 1 col. (sopa) de cogumelos e  ½ tomate
- 2 col. (sopa) de espinafre refogado
- 2 col. (sopa) de arroz integral com cenoura ralada
- 1 filé de frango grelhado com molho de tomate

Lanche da tarde
- 1 xíc. de chá branco
- 1 pera

Jantar
- 1 prato raso de salada de escarola, alface lisa, ¼ de pepino, 1 col. (sopa) de uvas-passas e 2 amêndoas em lascas
- 2 col. (sopa) de brócolis refogados
- 1 posta de salmão grelhado

Ceia
- 1 taça de gelatina diet com 4 uvas picadas

6º dia
 

Café da manhã
- 1 copo de suco feito com 200 ml de água de coco, 1 maçã, 1 fatia de melão e 3 folhas de alface
- 2 torradas integrais
- 2 claras mexidas e temperadas com orégano

Lanche da manhã
- Lascas de ¼ de pepino e ¼ de cenoura
 Almoço
- 1 prato raso de salada de alface-americana com 2 col. (sopa) de beterraba ralada
- 1 prato raso de macarrão integral com molho de tomates frescos
- 3 col. (sopa) de peito de frango picado e temperado com orégano e alecrim

Lanche da tarde
- 1 omelete feito com 2 claras e 1 fatia de presunto magro
Jantar
- 1 prato raso de salada de alface roxa e americana, rúcula, 1 col. (sopa) de cenoura ralada e 1 col. (sopa) de tofu temperado com azeite e ervas. Salpique orégeno e sementes de girassol
- 1 pires (chá) de couve-flor cozida ao vapor
 ½ berinjela recheada com 2 col. (sopa) de proteína texturizada de soja e 1 tomare picado
Ceia
- 1 xíc. de chá de capim-limão


7º dia


Café da manhã
- 1 pote (250 ml) de iogurte probiótico light com 1 col. (sobremesa) de chia
-  ½ papaia

Lanche da manhã
- 1 copo médio (250 ml) de suco de uva integral

Almoço
-  1 prato raso de salada de rúcula com 1 palmito cortado em rodelas e 2 col. (sopa) de cenoura ralada
- 4 rodelas de berinjela assada com tomate e azeite
- 2 col. (sopa) de arroz integral com lentinhas
- 1 posta de peixe cozida com molho de tomate

Lanche da tarde - 1 copo médio (300 ml) de suco feito com 3 tangerinas e 1 col. (chá) de gengibre

Jantar
- 1 prato raso de salada de alface roxa com 1 rabanete ralado, cebola roxa a gosto, ½ laranja, ½ fatia de melancia e 2 nozes (picas os últimos ingredientes)
- 1 pires (chá) de vagem refogada
- 1 omelete feito com 2 claras e peito de frango desfiado

Ceia- 1 fatia de abacaxi assada com canela
 
Matéria adaptada do site: Corpo a Corpo. Para ler a matéria original, clique aqui.

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Receita de Suco para Emagrecer


Olá, desculpem minha ausência esses dias, mas por questões pessoais, estou sem tempo de pesquisar e criar postagens interessantes para vocês. Mas é por pouco tempo. Em algumas semanas, teremos novidades.

Então, resolvi pesquisar algumas receitas de sucos que ajudem a emagrecer, para que possamos nos habituar a tomar sucos naturais e funcionais. Para começar, um suco que ajuda bem o emagrecimento:


Suco de cenoura com maçã:


Ingredientes:
  • 300ml de água de coco;
  • 1 cenoura média;
  • 1 maçã;
  • 5 rodelas de pepino;
  • 1 colher de sopa de Chia;
  • 1 folha de couve;

Modo de preparar:
  • Bater todos os ingredientes no liquidificador.
  • Se necessário coe.
-- Se preferir acrescente adoçante light

Benefícios:
Suco desintoxicante e diurético.

Aproveitem e visitem o blog para descobrir mais receitas gostosas e saudáveis.

sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Caminhada - Benefícios que emagrecem


Como prometi na postagem anterior, volto com mais benefícios da caminhada. Espero que com esses argumentos, você se sinta a vontade para começar a caminhar. Então, vamos lá:

1. Deixa o cérebro mais saudável
Caminhar diariamente é um ótimo exercício para deixar o corpo em forma, melhorar a saúde e retardar o envelhecimento. Entretanto, um novo estudo da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, mostra que esse efeito antienvelhecimento do exercício pode ser possível também em relação ao cérebro, ao aumentar seus circuitos e reduzir os riscos de problemas de memória e de atenção.

2. Diminui a sonolência
A caminhada durante o dia faz com que o nosso corpo tenha um pico na produção de substâncias estimulantes, como a adrenalina. Essa substância deixa o corpo mais disposto durante as horas subsequentes ao exercício. Somado a isso, a caminhada melhora a qualidade do sono de noite. 


3. Mantém o peso em equilíbrio e emagrece
Esse talvez seja o benefício mais famoso da caminhada. "É claro que caminhar emagrece. Se você está acostumado a gastar uma determinada quantidade de energia e começa a caminhar, o seu corpo passa a ter uma maior demanda calórica que causa uma queima de gorduras localizadas", afirma Paulo Correia, fisiologista da UNIFESP
E o papel da caminhada na perda de peso não para por aí. Pesquisadores da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, mostrou que, mesmo horas depois do exercício, a pessoa continua a emagrecer devido à aceleração do metabolismo causada pelo aumento na circulação, respiração e atividade muscular. 

4. Controla a vontade de comer
Um estudo recente feito por pesquisadores da Universidade de Exeter, na Inglaterra, sugere que fazer caminhadas pode conter o vício pelo chocolate. Durante o estudo, foram avaliadas 25 pessoas que consumiam uma quantidade de pelo menos 100 gramas por dia de chocolate. Os chocólatras tiveram que renunciar ao consumo do doce e foram divididos em dois grupos, sendo que um deles faria uma caminhada diária. 
Os pesquisadores perceberam que não comer o chocolate, juntamente com o estresse provocado pelo dia a dia, aumentava a vontade de consumir o doce. Mas, uma caminhada de 15 minutos em uma esteira proporciona uma redução significativa da vontade pela guloseima. 


5. Protege contra derrames e infartos
Quem anda mantém a saúde protegida das doenças cardiovasculares. Por ajudar a controlar a pressão sanguínea, caminhar é um fator de proteção contra derrames e infarto. "Os vasos ficam mais elásticos e mais propícios a se dilatarem quando há alguma obstrução. Isso impede que as artérias parem de transportar sangue ou entupam", diz Paulo. 
A caminhada também regula os níveis de colesterol no corpo. Ela age tanto na diminuição na produção de gorduras ruins ao organismo, que têm mais facilidade de se acumular nas paredes dos vasos sanguíneos e por isso causar derrames e infartos, como no aumento na produção de HDL, mais conhecido como colesterol bom. 

Ah, como prometi, ai vai uma dica infalível para sua caminhada render mais: vá fazer sua caminhada com amigos, caminhando com uma companhia, seus objetivos serão alcançados mais rapidamente. Você se sentirá mais motivado(a) e caminhará sempre mais.

Então, até a próxima e não se esqueça de calçar um tênis antes de sair para caminhar.

Artigo baseado na matéria do site Minha Vida. Quer ver o original? Clica aqui.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Caminhada - Emagrece ou Ajuda a Emagrecer?


Para quem faz caminhada, sempre chega um momento que bate aquela dúvida: será que consigo emagrecer só fazendo minha caminhada? Uma dúvida que não é só sua, mas de todos que já se aventuraram a sair batendo o pé por praças, calçadões e avenidas por aí.

Eu mesmo já me peguei pensando nos benefícios da caminhada e pesquisei sobre os reais benefícios da caminhada e reuni cinco tópicos principais.


1. Melhora a circulação
Um estudo feito pela USP,  provou que caminhar durante aproximadamente 40 minutos é capaz de reduzir a pressão arterial durante 24 horas após o término do exercício. Isso acontece porque durante a prática do exercício, o fluxo de sangue aumenta, levando os vasos sanguíneos a se expandirem, diminuindo a pressão.

2Deixa o pulmão mais eficiente
O pulmão também é bastante beneficiado quando caminhamos. De acordo com Paulo Correia, as trocas gasosas que ocorrem nesse órgão passam a ser mais poderosas quando caminhamos com frequência. Isso faz com que uma quantidade maior de impurezas saia do pulmão, deixando-o mais livre de catarros e poeiras. 

3Combate a osteoporose
O impacto dos pés com o chão tem efeito benéfico aos ossos. A compressão dos ossos da perna, e a movimentação de todo o esqueleto durante uma caminhada faz com que haja uma maior quantidade estímulos elétricos em nossos ossos, chamados de piezelétrico. Esse estímulo facilita a absorção de cálcio, deixando os ossos mais resistentes e menos propensos a sofrerem com a osteoporose

4.Afasta a depressão
Durante a caminhada, nosso corpo libera uma quantidade maior de endorfina, hormônio produzido pela hipófise, responsável pela sensação de alegria e relaxamento. Quando uma pessoa começa a praticar exercícios, ela automaticamente produz endorfina. Depois de um tempo, é preciso praticar ainda mais exercícios para sentir o efeito benéfico do hormônio. Começar a caminhar é o inicio de um círculo vicioso. Quando mais você caminha, mais endorfina seu organismo produz, o que te dá mais ânimo. Esse relaxamento também faz com que você esteja preparado para passar cada vez mais tempo caminhando.

5. Aumenta a sensação de bem-estar
Uma breve caminhada em áreas verdes, como parques e jardins, pode melhorar significativamente a saúde mental, trazendo benefícios para o humor e a autoestima, de acordo com um estudo feito pela Universidade deEssex, no Reino Unido. Comparando dados de 1,2 mil pessoas de diferentes idades, gêneros e status de saúde mental, os pesquisadores descobriram que aqueles que se envolviam em caminhadas ao ar livre e também, ciclismo, jardinagem, pesca, canoagem, equitação e agricultura, apresentavam efeitos positivos em relação ao humor e à autoestima, mesmo que essas atividades fossem praticadas por apenas alguns minutos diários. 
Por hoje é só, amanhã trago mais benefícios da caminhada para nossa vida e te dou uma dica imperdível para que sua caminhada funcione melhor.


segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Abdominoplastia - A Cirurgia Plástica Mais Procurada


Depois de algum tempo, estou de volta. Mesmo sem tempo para postar, ainda resolvendo os problemas de ter muitos clientes e pouco tempo para cada um, resolvi voltar aqui para deixar algo bom para vocês lerem enquanto eu tento migrar para o endereço próprio.

Pesquisando sobre os assuntos do momento, descobri que a grande procura por cirurgia plástica vinha fazendo com que blogs especializados fizessem bastante artigos sobre o caso, mas como não sou bom em matérias de cirurgia em geral, resolvi pesquisar e achei um artigo completo no site da revista Boa Forma. Muito bem escrito pela Marcia Kedouk, vale a pena investir dez minutinhos do seu tempo para ler sobre os benefícios da abdominoplastia.



Há pouco tempo atrás, a grande parte da procura pela cirurgia plástica no abdômen era de quem teve filho e queria acabar com a flacidez deixada pelo barrigão. Nos dias de hoje, o procedimento já ultrapassou a colocação de prótese de silicone nos seios e está em segundo lugar na lista de desejos das mulheres de 18 a 45 anos, atrás apenas da lipoaspiração. É o que mostra um estudo feito pelo instituto de pesquisas Ideafix, a pedido da Mentor Worldwide LLC, fabricante de produtos médicos. Das 400 entrevistadas, 73% elegeram a barriga como a parte do corpo da qual menos gostam. Por isso, não surpreende o fato de a lipo ser a campeã no ranking de intenções, com 32,3%, seguida de perto pela abdominoplastia, com 31,5%.
O crescimento do número de obesos no país que se submetem a dietas radicais ou fazem a cirurgia bariátrica, recorrendo à medicina estética para dar conta do excesso de pele que fica na região, ajudou a alavancar a procura. "Em geral, a maioria tem expectativas realistas em relação aos resultados da abdominoplastia, mas muitos chegam ao consultório sem ter ideia de que vão ficar com uma cicatriz", explica Bárbara Machado, chefe da equipe médica da Clínica Ivo Pitanguy, no Rio de Janeiro. O salto na demanda ajudou a aprimorar a cirurgia de tal forma que agora é possível personalizá-la. "Existem técnicas associadas que permitem realizar intervenções, maiores ou menores, de acordo com a necessidade de cada paciente", explica o doutor em cirurgia plástica Ronaldo Golcman, chefe de equipe do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo. E a cicatriz, que antes era temida até mesmo por quem procurava procedimentos menos extensos, agora podem ser disfarçadas na altura do púbis e escondidas no umbigo. Mesmo assim, não é uma operação para todas, avisam os médicos. Conversamos com alguns dos maiores especialistas no assunto para saber por quê.

Como é feita a abdominoplastia? Quando a mulher engravida ou engorda muito, o abdômen dilata e os músculos da região se afastam. Depois que o bebê nasce ou os quilos vão embora, eles podem voltar ao normal ou, então, permanecer um pouco separados. "Nesse caso, reposicionamos essa estrutura ao fazer uma costura com vários pontos, chamada de plicatura", explica o cirurgião Wilson Cintra Júnior, do Hospital das Clínicas, em São Paulo. O excesso de pele é puxado para baixo e cortado. Depois, a costura é feita horizontalmente, na altura dos pelos pubianos, e o buraquinho do umbigo é refeito.

Verdade que a cicatriz é muito grande? Depende. Quanto menor a retirada de pele e de gordura, menor o tamanho da marca. "Além disso, não dá para prever exatamente se ela vai ficar mais suave ou perceptível porque depende da genética da paciente", explica Bárbara Machado. "Digo sempre que há uma troca: você melhora o contorno do corpo e, com isso, ganha uma cicatriz que pode, sim, ser extensa, às vezes de ponta a ponta da barriga."

Existe alguma contraindicação para a operação? "Não se faz a cirurgia em menores de 18 anos", diz Cintra Júnior. "Se o paciente tiver alguma restrição alérgica, anestésica ou problemas de coagulação, também não pode se submeter ao procedimento. "Os fumantes precisam passar por uma avaliação ainda mais rigorosa do que a habitual porque a nicotina contrai os vasos sanguíneos e atrapalha a irrigação dos tecidos.

Quem não teve filhos, mas planeja ser mãe, pode recorrer à técnica? Não é o ideal, mas pode. "Com a gravidez, os músculos vão se afastar novamente, porém, menos do que antes. A flacidez também será menor", diz Cintra Júnior. Uma mulher que nunca engravidou, mas já foi obesa, por exemplo, passa pelo mesmo processo de afastamento da musculatura que a gestante enfrenta. Se o emagrecimento foi rápido, como costuma acontecer depois da cirurgia bariátrica, a sobra de pele pode ser maior. E aí vale consultar um cirurgião de confiança para verificar se o procedimento é indicado nesse caso. Mas definitivamente não é o tipo de cirurgia para quem não tem excesso de flacidez abdominal e quer apenas perder a barriga. Se dieta e exercícios físicos não derem conta, o profissional pode recomendar a lipoaspiração.

Como saber se a abdominoplastia é técnica mais indicada para alisar o abdômen? "Fique de pé e leve o tronco levemente para a frente. Se conseguir segurar somente a pele da região abaixo do umbigo, converse com seu médico sobre a possibilidade de fazer a abdominoplastia", diz Golcman. Se não conseguir, mas perceber flacidez, pode ser o caso de uma miniabdominoplastia. O procedimento é o mesmo, só que em uma área bem menor e, em alguns casos, sem a necessidade de costurar o músculo.

Ouvi dizer que as famosas fazem logo após o parto. Pode? Não. "A mulher que dá à luz tem um período de aproximadamente 40 dias de puerpério, em que acontece uma série de alterações na coagulação, na parte hormonal e na retenção de líquidos", afirma Cintra Júnior. Por isso, não se deve fazer nenhum tipo de cirurgia estética nessa fase.
"Depois, se a paciente voltar à atividade física, vai recuperar o contorno corporal e pode nem precisar da operação." É por isso que os cirurgiões aguardam, em média, seis meses para avaliar a necessidade do procedimento.

A operação acaba com as estrias do abdômen? "Se elas estiverem na parte que for retirada, geralmente abaixo do umbigo, sim. Caso contrário, pode acontecer apenas de melhorar o aspecto delas, mas nada vai fazer com que sumam", diz Cintra Júnior.
Quanto tempo dura a cirurgia? "De uma hora e meia a três horas e meia", diz Golcman. O período de internação fica em torno de 48 horas.

Como é o pós-operatório? "A recuperação dura entre 15 e 21 dias, quando já dá para voltar a dirigir e trabalhar. Só não vale pegar peso. Se houver plicatura dos músculos, o período sobe para um mês", afirma Golcman. Como os hematomas demoram até quatro meses para desaparecer, nada de praia nessa fase, já que o sol causaria manchas. Além disso, o tecido traumatizado pela técnica invasiva cria todas as condições para a retenção de líquidos. Para diminuir o desconforto e o inchaço, o cirurgião recomenda sessões regulares de drenagem linfática a partir de sete dias da operação. "Também ocorre uma leve perda de sensibilidade na região durante os primeiros meses", alerta Bárbara, da Clínica Ivo Pitanguy.

Depois de quanto tempo dá para voltar a fazer exercícios? "Costumo pedir para esperar dois meses. É o tempo médio de cicatrização interna e externa", diz Bárbara. O ideal é aguardar a liberação do médico.

Como manter o resultado? "São dois os segredos: o primeiro é manter o peso ou até emagrecer - o que não pode é engordar depois da cirurgia, o que, claro, compromete o resultado. O segundo é fazer atividade física para melhorar o tônus muscular do abdômen", diz Golcman.

As pessoas percebem quem fez abdominoplastia? "Com as técnicas cada vez mais avançadas e os resultados naturais, o único jeito de saber é vendo a cicatriz. Nas intervenções menores, ela é facilmente escondida sob o biquíni", explica Golcman. "Até mesmo a marca ao redor do umbigo, que antes ficava mais perceptível, tem tido um ótimo resultado", acredita Bárbara. É claro que tudo isso vai depender da técnica e da experiência do cirurgião plástico. Por isso, vale pedir indicação de amigas que fizeram o procedimento, visitar mais de um cirurgião e checar se o médico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

Cada corpo, uma sentença Existem três tipos principais de abdominoplastia, que o especialista pode empregar de acordo com cada caso. Entenda as diferenças:

Clássica Indicada para quem teve filho ou emagreceu radicalmente - por exemplo, depois de uma cirurgia bariátrica. É realizada com a costura dos músculos abdominais, que se afastam quando o abdômen se dilata na gravidez ou quando há obesidade. Depois, o médico puxa a pele que está sobrando, corta e costura na linha do púbis. A parte que recobre o umbigo também precisa ser cortada e pregada novamente. As cicatrizes dependem da extensão do procedimento. Se o motivo da operação é recuperar a forma depois da gravidez, as marcas costumam ser pequenas e ficam disfarçadas sob o biquíni e o umbigo. Para ex-obesos, elas são bem maiores, podendo se prolongar de ponta a ponta da barriga, já que há bastante pele em excesso.

Miniabdominoplastia Se a sobra de pele é muito discreta, concentrada na parte inferior do abdômen, a opção é a miniabdominoplastia. Em muitos casos, nem é preciso costurar a musculatura, mas o restante do procedimento é o mesmo, inclusive em relação ao pós-operatório. A diferença é que, como se retira pouca pele, a cicatriz é menor.

Lipoabdominoplastia Quando há gordura localizada, o médico pode indicar a técnica associada à lipoaspiração. Primeiro, ele retira a gordura e depois dá conta da flacidez. Se o objetivo for remodelar toda a região, a lipo é feita também na cintura e no quadril (a lipoescultura) e, só então, se faz a abdominoplastia.
Gostou da matéria? Compartilhe com seus amigos. Deixe seus comentários e nos diga o que achou.

Quer ler o artigo original? Clique aqui.

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Dia do sorvete - Vamos comemorar?


Hoje é o dia do sorvete, então para que melhor que comemorar sabendo um pouco mais sobre essa delícia?

O sorvete é uma das mais antigas e consumidas sobremesas do mundo. Em estações quentes ele é sucesso e até mesmo em épocas frias, algumas pessoas não abrem mão de seu sorvete ao menos nos finais de semana.

Como surgiu o sorvete?

Foi na China de 4 000 anos atrás, quando uma sobremesa à base de leite e arroz foi congelada na neve. Rapidamente a delícia ganhou prestígio, mas apenas entre a nobreza, que podia dispor de leite (então uma mercadoria cara) e tinha como conservar a neve até o verão, valendo-se de câmaras frigoríficas subterrâneas. Em sua viagem à China, em 1271, o veneziano Marco Polo teria encontrado grande variedade de cremes congelados de frutas. As receitas vieram em sua bagagem, mas não saíram da Itália até meados do século XVI, quando um certo Buontalenti, cozinheiro de Catarina de Médici (1519-1589), introduziu a requintada sobremesa na corte francesa. Em 1670, o siciliano Francisco Procópio abriu em Paris um café que vendia sorvetes - a primeira sorveteria da história.

O sucesso foi tão grande que, seis anos depois, havia mais de 250 fabricantes de sorvete na capital francesa. "Além de ser gostoso, é um alimento quase completo: contém proteínas, lipídios, cálcio, minerais, fósforo e outros componentes fundamentais. Faltam apenas as fibras", diz a nutricionista Ana Célia Amaral Ayres Dellosso, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

A sobremesa pode ser vista como algo altamente calórico e ficar fora da rotina alimentar de quem vive de dieta, mas a verdade é que o sorvete tem diversos benefícios à saúde e pode inclusive fazer parte de uma dieta saudável:

Na composição nutricional, o sorvete é importante pelas proteínas, açúcares, gordura vegetal e/ou animal, vitamina A, B1, B2, B6, C, D, K, cálcio, fósforo e outros minerais essenciais;

O valor calórico depende da matéria prima utilizada na fabricação, e da quantidade de consumo;

Ele é muito bom para quem está pensando em engravidar, por exemplo. Consumir até duas bolas de sorvete por dia aumenta a possibilidade de engravidar, por causa do leite. O leite utilizado no sorvete possui um hormônio que estimula a fertilização.

Para os ossos ele serve para fortalecer. Além disso, reduz o estoque de gordura e é muito bom no combate a TPM.



Previne diabetes porque tem pouca gordura, isso diminui as chances de desenvolver diabetes tipo 2.

Por esses motivos, o sorvete não é considerado uma guloseima, e sim um alimento nutritivo e importante para a dieta balanceada e com mais energia.

Então, vamos comemorar esse dia saboreando essa delícia que é o sorvete?

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

Dieta Sem Gluten Ajuda a Emagrecer


Retirar o glúten da dieta está em evidência para aqueles que querem emagrecer, mas você sabe os benefícios que uma alimentação sem esta substância pode trazer? “O glúten é uma proteína presente na farinha de trigo, centeio, cevada, malte e aveia. Ela provoca inflamações que podem gerar inchaço, dores articulares e indisposição. Retirar a substância do cardápio elimina estes problemas e ainda ajuda na perda de peso”, explica a Nutricionista Andréa Santa Rosa

Retirada do glúten estimula o metabolismo  
Pessoas com intolerância ao glúten, ou celíacos, não podem ingerir alimentos que contenham a substância, já que ela impede a correta absorção de nutrientes pelo intestino. Os portadores de sensibilidade ao glúten também precisam evitar ao máximo o seu consumo, mas os benefícios da dieta sem esta proteína podem ser percebidos por qualquer pessoa. “Eliminar o glúten da dieta provoca a redução no grau de inflamação do organismo. Assim, o metabolismo volta a funcionar normalmente, o que promove a diminuição da retenção de líquidos, perda drástica e rápida de peso, correta absorção dos nutrientes pelo intestino e prevenção de doenças não transmissíveis, como a obesidade e complicações cardiovasculares”, diz a nutricionista. 


Jornada Mundial da Juventude forneceu alimentação livre de glúten
De acordo com dados da Fenacelbra (Federação Nacional das Associações de Celíacos do Brasil), estima-se que o número de portadores de doença celíaca no Brasil chegue a dois milhões, a grande maioria sem diagnóstico correto. Pensando nestes números, a Jornada Mundial da Juventude, que aconteceu entre os dias 23 e 28 de julho, no Rio de Janeiro, contou com kits de alimentação sem glúten. Os organizadores do evento, forneceram 10% de kits sem glúten. A ideia foi para atender portadores de doença celíaca e também aqueles que apresentam alguma sensibilidade a esta proteína.    

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Dia do Educador Físico - 1 de setembro


Ontem comemoramos o dia do Educador Físico! É ele(ou ela) que nos incentiva a praticar atividades físicas, e assim melhorar nossa qualidade de vida. Esses profissionais são extremamente importantes, pois nos ajudam a ter uma vida mais saudável com a prática de exercícios, e assim não levar uma vida sedentária, pois isso prejudica a saúde do nosso corpo e mente. Praticar atividades físicas pode ser algo muito divertido, quando não encarada apenas como uma obrigação.

Com o tempo, a prática se torna um hábito, se tornando assim, algo prazeroso de se fazer.

Essa data comemorativa teve origem em 27 de junho, quando nas comemorações de São Cosme e Damião, os mesmo organizavam brincadeiras para a criançada. Porém, com a regulamentação da profissão, a comemoração foi mudada para o dia primeiro de setembro. Parabéns a todos os Profissionais de Educação Física!


sábado, 31 de agosto de 2013

Dia do Nutricionista - 31 de Agosto

Quem não gosta de comer bem? O nutricionista é o responsável por cuidar e instruir as pessoas a terem uma alimentação saudável, e até mesmo orientar aqueles que estão mais gordinhos e desejam emagrecer. Nestes casos, não adianta parar de comer ou se alimentar de qualquer jeito, pois isso não ajudará a perder peso e ainda prejudicará sua saúde. Para os que precisam manter uma dieta, é necessário estar sempre com o acompanhamento de um nutricionista.
Os nutricionistas têm a função de orientar seus pacientes a comer bem! Cereais, frutas, vegetais e alimentos ricos em fibra são alguns itens do cardápio para ter uma alimentação saudável. Nada de alimentos gordurosos, frituras e muitos doces. Tudo deve ser controlado e nunca consumido em exagero, para, assim, não termos nossa saúde prejudicada. Ninguém gosta de ficar doente, não é mesmo? Um viva a todos os nutricionistas do mundo!

sábado, 24 de agosto de 2013

Receita de Pavê de Prestígio


Achei essa receita em um site de delícias. Como o domingo é o dia de escapar da dieta, resolvi postar para você se deliciar com esse pavê de prestígio. Vamos pra cozinha?

INGREDIENTES:
  1. 2 pacotes de bolo pronto de chocolate ( tipo Pulmann)
  2. 1 copo de guaraná
  3. 2 latas de leite condensado
  4. 100 g de coco ralado
  5. 2 colheres de sopa de margarina
  6. 200 g de chocolate meio amargo
  7. 1 lata de creme de leite com soro
  8. Coco ralado e raspas de chocolate para decorar
MODO DE PREPARO:

  1. Leve ao fogo as 2 latas de leite condensado com a margarina e o coco ralado até formar um beijinho em ponto mole
  2. Reserve
  3. Pique o chocolate e leve ao micro-ondas por 45 segundos
  4. Adicione o creme de leite e mexa bem até formar um creme brilhante, o ganache
MONTAGEM:
  1. Faça camadas alternadas de bolo regado com guaraná, beijinho e ganache de chocolate, finalize com o chocolate e decore com coco ralado e raspas de chocolate
Informaçães Adicionais
  • Dica: para regar o bolo com o guaraná, use um frasco daqueles de lanchonete onde se põe a maionese e catchup, para não encharcar o bolo.

Pronto, gostou? Vai experimentar? Já pode me convidar nos comentários, viu!

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Como Emagrecer Pedalando


Hoje resolvi falar sobre como emagrecer pedalando, pois estou voltando a pedalar em breve e quero mostrar aos amigos e leitores que dá para perder peso apenas pedalando e reeducando sua alimentação.

Pedalar é um exercício aeróbico muito eficiente para quem quer perder peso e melhorar o condicionamento físico. Além de emagrecer,  modela as pernas e o bumbum.

Tanto na rua quanto na academia, pedalar é um exercício excelente para suar e perder peso. Você pode seguir um roteiro dado pelo seu instrutor na academia, mas também pode pedalar em grupos e adquirir um hábito de pedalar com sua turma. Eu garanto, é muito melhor pedalar com sua turma que em uma academia, a não ser que seja aquela aula de spinning com seus amigos de malhação, claro. Aí a diversão é quase a mesma e o ganho, ou melhor, a perda, é bem acentuada em algumas semanas de prática.


O treino na academia pode ser ministrado em quatro semanas distintas, mas, lembre-se, sempre tenha por perto seu personal trainer ou o instrutor da academia para que não tenha problemas na prática do exercício. 


Na primeira semana, o exercício é mais tranqüilo para a adaptação. A partir da segunda, você começa a forçar mais. O plano dura um mês e a variação do ritmo e da carga é que deixa a malhação mais eficiente. Esse é o grande segredo do treino intervalado: você começa pedalando devagar, depois aumenta o ritmo, desce novamente, dá um pique rápido… Esse tipo de exercício promove uma queima calórica maior do que o treinamento contínuo porque você aguenta pedalar por mais tempo. Por isso, dá para perder até 4 quilos em quatro semanas – desde que você não passe a comer mais do que está acostumada. Se quiser continuar seguindo o programa depois de um mês, basta aumentar a carga, mantendo a regularidade de quatro vezes por semana e respeitando a freqüência cardíaca indicada.


Agora, se vai pedalar na rua, procure sempre uma turma, pedalando junto você rende mais, evita problemas naturais(como problemas mecânicos na bike, pneus furados e etc.) e tem um estímulo maior para seguir em frente.

Ao começar a pedalar, procure tirar suas medidas, pese-se e procure um(a) nutricionista, eu garanto que os resultados serão bem melhores.

Já começou a pedalar? Nos conte os resultados e como você convive com sua magrela.

Um abração e boas pedaladas.



segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Dia do Ciclista - Vamos Emagrecer Pedalando?

Na ciclovia, no asfalto, na praia, na rua, na trilha, debaixo de sol ou chuva, com frio ou calor, no Dia Nacional do Ciclista, neste 19 de agosto, a ordem é comemorar fazendo o que mais gosta: pedalar.

Mas, você sabe o porque é comemorado neste dia? Qual a origem desta data? Eu também não sabia, então resolvi pesquisar.
Em 2006, Pedro Davison, um estudante de biologia prestes a se graduar, foi alvejado e morto em pleno Eixo Rodoviário do Distrito Federal. Pedro tornou-se vítima fatal de um motorista que transgrediu os preceitos do Código de Trânsito Brasileiro.
O Motorista que atropelou o estudante de biologia em faixa proibida a circulação de veículos automotores e que, ao chocar-se com a bicicleta de Pedro por trás, não deu assistência à vítima e fugiu. Sua carteira de habilitação estava vencida, além de dirigir alcoolizado.
Infelizmente este é um, de muitos casos que se repetem no país, onde motoristas transgressores, que dirigem alcoolizados e em velocidade excessiva, matam pessoas, infelicitam famílias e geram prejuízos milionários à Nação.
O número de ciclistas no Brasil é grande, apesar da violência do trânsito: cerca de 50 milhões de bicicletas. Essa frota é utilizada, em sua esmagadora maioria, por trabalhadores, que dependem da bicicleta para ir trabalhar e ao lar retornar. Estes ciclistas rodam em média 50 minutos por dia.
Pais de Pedro Davison
O caso do Pedro foi o marco para se criar o dia nacional do ciclista.

Mas o que tem isso com nosso objetivo que é chegar ao Peso Perfeito? Pedalar é uma atividade física excelente para quem quer emagrecer, manter o peso, ou simplesmente se exercitar. Andar de bicicleta é um exercício aeróbico potente, que leva à perda média de 700 calorias por hora, quantidade maior que a atingida com caminhada, natação e dança. Por isso, é uma boa opção de atividade física para quem quer emagrecer. Até porque, ao mesmo tempo em que elimina quilos, tonifica os músculos das pernas e do abdômen. Além disso, pode ser praticada na rua ou na academia. As diferenças entre as modalidades outdoor e indoor começam pelo gasto de energia, 50% maior ao ar livre, segundo uma pesquisa da Universidade do Estado de Santa Catarina. 

Na rua, há mais obstáculos, como trânsito, poluição, buracos, lombadas, subidas e descidas, que podem causar quedas, escoriações, fraturas e luxações. "Mas essas dificuldades é que motivam muita gente. Além disso, o vento no rosto e o contato com a natureza dão uma sensação muito gostosa de liberdade", diz o personal trainer Eduardo Colmanetti.  


Então, vai ficar parado ai por que? Vamos pedalar? Se você já pedala, nos diga onde e quando podemos pedalar com você, se não pedala, procure uma turma e leve sua magrela para passear, você vai amar, eu garanto. Quer uma dica? Pedale com a turma da Bike Ceará.

Uma excelente semana para todos nós.