terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

Óleo de côco emagrece - Mito ou Verdade




O óleo de coco é um dos emagrecedores do momento, seja na forma líquida ou na de pílula,. Na forma de pílula, é ingerido duas vezes ao dia. Como líquido, também pode ser ingerido ou usado no preparo de alimentos. Em  uma rede de lojas de produtos naturais espalhadas pelo Brasil, as vendas aumentaram mais de 500% nos últimos 6 meses, mais do que qualquer outro item. O sucesso não deve continuar por muito tempo. Vários alimentos, bebidas, sementes e produtos naturais caíram no esquecimento pela ausência de estudos científicos e resultados práticos que comprovassem sua eficácia. O caminho dessa nova moda parece ser o mesmo.



O primeiro motivo é que nenhum benefícios ou prejuízos foi provado em relação ao óleo, o que basta para impedir que médicos responsáveis recomendem a substância como emagrecedor. Segundo Gláucia Carneiro, endocrinologista da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) e do ambulatório de obesidade da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), as evidências científicas são insuficientes para que as pessoas contem com o óleo de coco para emagrecer.

Não há mal nenhum em usá-lo, em sua forma líquida, como substituto do óleo de origem animal ou mesmo do óleo de soja na preparação de alimentos. Ele faz parte do grupo de gorduras vegetais, mais saudável do que as animais. No entanto, é rico em gorduras saturadas. O azeite de oliva, por exemplo, tem gorduras insaturadas. Para cozinhar, tudo bem. Para emagrecer, fora de questão.



As pesquisas que encontraram tanto benefícios como malefícios no alimento não foram capazes de explicar o mecanismo envolvido. Há quem atribua ao óleo de coco a condição de um termogênico, ou seja, algo capaz de aumentar a queima de calorias no corpo. Substâncias termogênicas estão presentes no café ou no chá verde, por exemplo, mas também podem ser encontradas em suplementos alimentares. Mas, de novo, nada foi comprovado. 

Pesquisadores brasileiros da Universidade de Alagoas, em Maceió, publicaram no periódico Lipids, em 2009, um estudo sobre óleo de coco. Nele, 40 mulheres obesas de 20 a 40 anos seguiram, por 12 semanas, uma dieta com restrição calórica (menos consumo de carboidratos, mais ingestão de proteínas e fibras e semelhante consumo de gordura) e praticaram 50 minutos de caminhadas todos os dias. Metade delas ingeriu suplementos óleo de soja e as outras, de óleo de coco. Antes do início do estudo, as participantes apresentavam níveis de colesterol, índice de massa corporal (IMC) e medidas abdominais parecidas. Ao final da pesquisa, aquelas que consumiram óleo de coco apresentaram maiores níveis de HDL, o colesterol 'bom', e menores de LDL, o colesterol 'ruim', enquanto o outro grupo teve os dois tipos de colesterol aumentados. A redução do IMC foi observada nos dois grupos, embora somente o grupo do óleo de coco tenha reduzido a circunferência abdominal.


Os pesquisadores concluíram que dieta com suplemento de óleo de coco não aumenta os níveis de gordura no sangue e reduz medidas abdominais em obesos. Entretanto, eles também observaram que o suplemento pode induzir uma resistência à insulina. Os cientistas, no entanto, concluíram que outros estudos eram necessários para avaliar os efeitos do alimento a longo prazo.

Mas como tudo é uma questão de opinião, li bastante coisa a respeito do óleo de coco, mostrando que ele pode ajudar a emagrecer, então resolvi entender mais e procurar mais a respeito e acabei achando o vídeo abaixo, assistam e tirem suas conclusões.










sábado, 23 de fevereiro de 2013

Boxe: Um esporte que emagrece


Hoje vamos falar sobre o boxe, outra modalidade que ajuda a emagrecer e faz muito sucesso nas academias atualmente.

O boxe é uma ótima opção para quem quer queimar calorias, manter o corpo saudável, trabalhar músculos, respiração, concentração, resistência e condicionamento físico. O exercício garante que as tensões do dia-a-dia sejam liberadas a cada soco. 




Para quem quer emagrecer e tonificar os músculos e com tudo no lugar o boxe é a solução perfeita. Os treinamento de boxe são intensos e trabalham a musculatura do corpo todo, principalmente os músculos dos braços e pernas, em apenas uma hora de treinamento você pode queimar cerca 800 a 900 calorias. Isso acontece porque quase todos os exercícios no boxe são aeróbicos. 




Hoje, as mulheres são de 50% a 80% das alunas de boxe em boa parte das academias que oferecem o esporte em suas modalidades. Um dos motivos é a fama do boxe, como aspirador de gordura. Além disso, o boxe deixa forte sem ganhar muito volume de massa, o que significa que a mulher não vai ficar com o ombro, costas ou braços superdesenvolvidos. Já para quem tem medo de sair machucada e com marcas no rosto, especialistas garantem que não há por que se preocupar, pois é a aluna quem decide se vai fazer luvas, ou seja, treinar no ringue com uma companheira, ou não. Se não quiser, o treino é o mesmo, não perde nada em intensidade, mas não vai enfrentar ninguém nem correr o risco de se machucar.



As aulas têm, em média, 1h de duração, podendo ser mais puxadas para quem já tem mais tempo no ringue. Normalmente, tudo começa com um aquecimento, que pode ser na esteira ou pulando corda. Depois vêm os treinos de sombra e esquiva, onde se aprendem e corrigem os golpes feitos de frente ao espelho ou com um colega. Depois vem o treino nos sacos, que trabalha mais ombros e braços. Quem quiser, pode testar suas habilidades na prática, mas sempre sob orientação do professor.

Para finalizar, gostaria de mostrar como o boxe pode te ajudar a perder peso e ficar de bem com a vida. Gustavo Lima, um grande amigo, perdeu bastante peso com o boxe e virou um exemplo para mim. Deixo uma foto dele para vocês terem noção de como ele venceu a balança e seguir os passos dele. Em breve vou entrevistá-lo para conhecermos sua história.





Bom fim de semana a todos!


quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Emagrecer com o Muay Thai



Quando você pensa em emagrecer e se divertir, o que vem a cabeça? Eu penso logo em pedalar, fazer meu esporte preferido, mas e você? Então, resolvi pesquisar os esportes preferidos para quem quer perder peso e descobri que hoje os dois mais concorridos são o Muay Thai e o Boxe. Vamos conhecer um pouco da sensação das academias?

Muay thai é uma arte marcial originária da Tailândia, onde é considerado esporte nacional. Esta disciplina física e mental que inclui golpes de combate em pé é conhecida como "a arte das oito armas", pois caracteriza-se pelo uso combinado de punhos, cotovelos, joelhos, canelas e pés, estando associada a uma boa preparação física que a torna uma luta de contato total bastante eficiente.



É muito comum pessoas acharem que Muay thai é coisa de homem, que mulher não gosta, não se interessa. Pode ser que no passado tenha sido isso mesmo, mas, nos dias de hoje, as coisas mudaram bastante. As mulheres cada vez mais se interessam por artes marciais. E elas não se contentam apenas em assistir, querem também praticar.


As academias pelo Brasil têm recebido cada vez mais mulheres matriculando-se em aulas de algum tipo de luta. E o que elas mais procuram é o muay thai. A número é tão grande que várias academias reservam horários semanais exclusivamente para o muay thai feminino, a fim de dar conta da demanda.

E qual seria o motivo que faz com que o muay thai seja o favorito delas? Na verdade não há um motivo, mas sim vários, desde o bem estar físico e mental até a filosofia de respeito à arte marcial e seus praticantes. O esporte é o que queima mais calorias por minuto praticado, além de disciplinar, produz



Agora vamos falar sobre as vantagens de se fazer muay thai:

O muay thai movimenta o corpo todo, assim todos os músculos são trabalhados, principalmente  a musculatura das coxas, ombros e peitoral.

Quantas calorias são perdidas durante uma aula?
Em média 750 a 800 calorias em 90 minutos de atividade.

Roupas e acessórios
Para lutar muay thai você precisará de caneleira, protetor bucal e luvas de boxe. As roupas devem estar adequadas para a prática da atividade física: top para proteger os seios, camiseta de lycra ou algodão e shorts ou bermudas reforçadas.

Bem, por hoje é só, mas amanhã falaremos sobre o Boxe. Fiquem conectados e até amanhã.

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Vamos comer ovo de Páscoa e emagrecer?


Olá família Peso Perfeito, hoje fui atrás de uma forma de comer ovos de Páscoa sem atrapalhar nosso objetivo de emagrecer. Acho que todos sabem o quanto é gostoso um ovo de chocolate, mas sabemos o quanto é complicado cair em tentação e não seguir a dieta, então fui atrás de descobrir coisas sobre a Páscoa e chocolates, o porquê dessa tradição. Então, vamos entender o porque e depois fazer um ovo que possa ser comido com menos culpa.


A tradição de se ofertar ovos como presente é bem anterior à religião cristã. O costume de dar e recebê-los tem origem com os egípcios, persas e chineses. Esses povos, no início da primavera e nas ocasiões festivas, distribuíam ovos naturais simbolizando a origem da vida, a criação e a fecundidade, os ovos eram pintados e oferecidos aos amigos.



O hábito foi adotado pelos cristãos como forma de representar a Páscoa, significando a ressurreição de Jesus Cristo. A adoção dos ovos como símbolo da Páscoa  está ligada ao fato de que o ovo, aparentemente morto, contém uma vida que aparece subitamente.


Os ovos naturais foram utilizados por vários séculos até serem substituídos pelo chocolate a partir do século XVIII. Uma descoberta de confeiteiros franceses que inventaram esse modo atraente de comemorar a Páscoa sem deixar de lado a tradição.

Então, vamos fazer um ovo de Páscoa bem gostoso? Depois que fizer, deixa seu comentário para que possamos dividir essa alegria.




Ovo de Páscoa Diet ao leite com bombons

INGREDIENTES  - OVO
300 gramas de chocolate ao leite diet ralado 
1 forma para ovos 250 gramas 
1 pincel de cozinha 

MODO DE FAZER
Aqueça uma panela com água no fogo, temperatura que o dedo suporte (morno para quente). Desligue o fogo e coloque o chocolate diet ralado para derreter. Deixe por 15 minutos, tire da água e bata bem o chocolate até derreter. 
Dê o choque térmico no mármore, mexendo até esfriar. Faça o teste do lábio encostando um palito molhado com chocolate no lábio inferior, deverá sentir gelado. 
Dê a primeira camada no ovo com um pincel de espessura fina. Vire de boca para baixo numa tábua forrada com papel manteiga e leve à geladeira por cinco minutos. Tire da geladeira e faça a segunda camada um pouco mais grossa e leve à geladeira por mais cinco minutos. Faça a terceira camada por todo ovo e carregue um pouco mais nas bordas, sempre levando à geladeira de boca para baixo. A última camada deverá ficar na geladeira por mais ou menos 20 minutos. 

INGREDIENTES - BOMBONS AO LEITE DIET 
500 gramas de chocolate ao leite ralado 
Formas para bombom 

MODO DE FAZER  
Derreta o chocolate em banho maria da mesma forma que o ovo de páscoa. Dê o choque térmico no mármore mexendo bastante até esfriar. Faça o teste do lábio encostando um palito molhado no chocolate no lábio inferior, deverá sentir gelado.
Encha as formas de bombons. Dê uma batida na mesa para retirar o ar. Limpe a forma e leve à geladeira por 20 a 30 minutos. 

INGREDIENTES - BOMBONS CROCANTES AO LEITE DIET
500 gramas de chocolate diet ao leite ralado
½ xícara (chá) de crocante (nozes, amêndoas ou castanha de caju)
Formas para bombons 

MODO DE FAZER
Proceda da mesma forma que no bombom ao leite, até no choque térmico. Misture o crocante no sabor escolhido, encha as formas, tire o ar dando pancadinhas com a forma na mesa e leve à geladeira por 20 a 30 minuto 


Até logo! Ah, você tem Facebook? Curte nossa Fanpage e fica por dentro de dicas e novidades na área da saúde, ok? Te agradeço desde já.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Como emagrecer em epoca de Pascoa



Olá meus queridos, estamos de volta, depois de um carnaval maravilhoso, agora vem a época mais tentadora do ano, a Páscoa. Para quem quer emagrecer a Páscoa é um tormento, uma tentação sem tamanho, pois basta sair sair na rua e já ser tocado por chocolates em todo lugar. Mas, como saborear essas gostosuras sem fugir da dieta? Como emagrecer em época de Páscoa?

Nessa época de Páscoa, uma visitinha básica ao supermercado, pode render uma falta grave na dieta se você não tiver disciplina. Corredores lotados de ovos são verdadeiras armadilhas para quem está querendo emagrecer. Para quem vai acompanhado de crianças, sejam filhos, sobrinhos, fica impossível sair sem um ou mais ovos. Então, como fazer para continuar emagrecendo nessa época tão gostosa?




Considerando a dificuldade de resistir a tentação dos doces, a melhor saída é consumi-los de forma moderada. Se você sentir um desejo muito forte por chocolates, consuma-os, mas com moderação. Pegue um pedaço pequeno e coma-o sem preça, pois assim o cérebro absorverá a informação da ingestão do alimento e ficará satisfeito.
Evite comer o chocolate enquanto faz outras coisas (como ler essa postagem, por exemplo), pois as chances de você comer uma grande quantidade sem perceber, será enorme. A idéia é que você não se prive completamente dos doces, mas que possa comer em quantidades pequenas, sem que isto ponha todo o seu esforço a perder.

O segundo princípio que deverá te ajudar a lidar com as tentações é o da compensação. Se comer um pedaço de chocolate é realmente necessário, faça-o mas compense depois. No período que sucede o consumo de chocolate, intensifique as atividades físicas e mantenha-se firme em sua dieta. Assim, as calorias ingeridas logo serão perdidas e você poderá voltar ao seu ritmo normal. 
Amanhã falaremos mais sobre dietas e Páscoa. Ah, já ia me esquecendo, viram a novidade que temos no blog? Agora temos uma conta no ask.fm, você pode fazer sua pergunta direto no blog clicando na caixa ai do lado, ou direto no site, clicando no link logo acima.

Até logo.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Ressaca de carnaval? Sucos DETOX nela



Você exagerou nos comes e bebes durante os dias de folia e agora o corpo está pedindo ajuda? Durante a ressaca, a pele denuncia o pecado dos excessos, que podem facilitar o surgimento de olheiras, rosto abatido, pernas e barriga inchadas. Acabou a farra e é hora de limpar o organismo, recarregar as baterias e fazer um carinho ao corpo, dando os nutrientes que ele precisa para ter mais saúde e energia. Uma boa maneira de ajudar a colocar as toxinas para fora é investir em sucos detox
Por meio de receitas simples e naturais, você pode deixar seu organismo preparado para voltar à rotina com muita disposição. Além disso, massagens drenantes, água de coco, frutas frescas e chás também podem ser ótimos aliados para sua saúde.
Confira algumas dicas valiosas para combater a ressaca, limpar o organismo e ficar bem depois desse carnaval:

Suco1:
1 folha de couve fresca
Suco de ½ limão
1 pedaço de pepino sem casca
1 maçã sem casca
150 ml de água de coco
Bata todos os ingredientes no liquidificador ou centrifugue-os e sirva em seguida.
Suco2:
1 folha de couve e 1/2 ou 2 cubos de gelo  de couve
1 rodela fina de abacaxi
6 folhas de hortelã
200 ml de água
Bata no liquidificador todos os ingredientes, sirva em seguida.
Suco3: 
2 folhas de couve
Suco de ½ limão
½ pepino japonês sem casca
1 fatia de gengibre
1 maçã vermelha
150 ml de água de coco


Por hoje é só, lembrando que essas receitas são dicas simples, se você quiser algo mais direcionado a você, procure um(a) nutricionista.

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Comer bem gastando pouco? Sim, você pode!

Bom, primeiramente gostaria de dizer que é um prazer estar postando aqui nesse querido blog. Pra quem não me conhece, o Maurício já me apresentou em alguns posts como esse e esse.

Me chamo Cecília Cezar, tenho 2 blogs, o Flashes da Moda e o Vivendo 365 dias. E tenho esse canal no youtube onde posto os vídeos que conto toda a trajetória da minha dieta.Que na verdade não considero dieta. Considero reeducação alimentar. Eu faço o Vigilantes do peso que é baseado em pontos, mas essa dica é pra outro post! hahaha

Hoje eu tô aqui pra falar sobre como se controlar no carnaval... Fazer escolhas inteligentes para manter a fome sob controle pode ser um desafio. Saiba como se preparar para os dias de folia!



1. Pense Grande


Os lanches em porções individuais costumam ser mais caros. Para não gastar muito, uma tática eficaz é comprar os pacotes grandes e dividir o alimento em potes pequenos com as porções individuais (de cereal matinal rico em fibra e os biscoitos light, por exemplo). Na hora da fome, você terá o lanche disponível no tamanho correto.


2. Prepare você mesmo


Comprar um pudim pronto é prático, mas nem sempre conveniente para seu bolso. Uma alternativa é comprar o pacote de pó para pudim e prepará-lo com leite desnatado. Confira outras sugestões para mostrar seu lado mestre-cuca:



  • Crie suas próprias pastinhas: Misture iogurte natural desnatado com um pacote de sopa em pó light de acordo com seu gosto.
  • Prepare batatas chips: Fatie as batatas, borrife óleo em spray, tempere com sal e coloque para assar em tabuleiro antiardente.
  • Faça picolés caseiros: Congele o suco de uma fruta fresca de sua preferência em uma forma de gelo ou outro recipiente prático.



3. Invista nas frutas e legumes coloridos e crocantes

As frutas, legumes e verduras são excelentes opções de lanches e aumentam a energia. É importante, contudo, escolher os frutos da estação, pois são mais saborosos e custam menos. Além disso, opte pelos brilhantes e crocantes.

4. Procure os itens em promoção e de marcas menos conhecidas

Dê preferências aos produtos "leve dois e pague um" e separe-os em porções individuais em casa. Outras táticas são: aproveitar os dias de promoção de cada setor nos supermercados e optar pelos produtos de marcas menos conhecidas, mas de boa qualidade. Assim, você monta seu estoque de sucesso gastando menos. 



5. Mastigue, mastigue, mastigue

As frutas e legumes inteiros têm mais fibra (que promove maior sensação de saciedade), precisam de mais tempo para serem consumidos.



Fonte: Informativo Vida Light - Vigilantes do Peso 

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Dicas para sua dieta render mais



Hoje fui buscar dicas para quem está de dieta, conversei com uma amiga nutricionista e o resultado está ai:

Água 

Você já sabe que precisamos de oito a dez copos todo dia. O truque é quando tomar. Anote: dois copos, uma hora antes de qualquer refeição. “Nosso corpo nem sempre identifica bem a sede. “Por conta disso, às vezes confundimos a falta de hidratação com fome e exageramos na comida. 


Não pule o café da manhã 

Quem toma um café da manhã nutritivo corre menos risco de comer feito uma leoa nas outras refeições. Uma fruta, uma xícara de café com leite desnatado e uma fatia de pão integral com presunto magro ou peito de peru é uma ótima pedida para começar bem o dia. 


Faça mais refeições 

Se você dividir o que come em cinco refeições por dia acelera o metabolismo entre 5 e 15%. Imagine se você ainda maneirar nas porções, é emagrecimento na certa, porque você evita os picos de fome. 


Coma frutas diariamente 

As frutas frescas são cheias de vitaminas, minerais e fibras, por isso alimentam e enganam a fome. Coma de três a quatro porções por dia. Se detesta frutas, comece com as desidratadas, que são bem docinhas. 


Chocolate limitado 

Esse é o tipo de alimento que na medida certa faz bem. A todo momento surgem estudos comprovando que o polifenol, substância presente no chocolate, protege o coração, reduz o colesterol ruim, combate o envelhecimento precoce. Em excesso, vira pneuzinho. Tática: em vez de traçar uma barra inteira, coma metade mais uma maçã ou uma fatia de mamão (para não cair em tentação e devorar a outra metade depois, divida o chocolate com uma amiga). Barrinhas de cereais e frutas secas cobertas com chocolate também matam o desejo e têm inúmeras calorias a menos. 


Mastigue a Comida 

20 mastigadas no mínimo, a sensação de saciedade tem a ver com o tempo que levamos para comer. A partir de 20 minutos de mastigação, o cérebro recebe mensagens de que o corpo está satisfeito. Se terminar a refeição antes desse tempo, vai querer repetir o prato. Tente mastigar cerca de 20 vezes cada porção. 


Jante mais cedo 

Durante o sono, nosso metabolismo desacelera. Portanto, quanto mais próximo da hora de dormir for o jantar, maior o risco de armazenar gorduras. O ideal é comer pelo menos duas horas antes de ir para a cama.



Gostou das dicas, agradeça a Nutricionista Débora Fonseca uma das melhores nutricionistas que temos hoje na nossa capital. Se quiser pode entrar em contato com elas através de sua fanpage ou através dos telefones que estão na imagem.




segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Dicas de alimentação com saúde para crianças


É responsabilidade dos pais comprar e servir alimentos saudáveis ao filho. Comece estabelecendo uma rotina, mesmo que seja difícil no começo. Isso significa estabelecer horários para refeições e lanches. As crianças precisam de uma rotina de alimentação tal qual necessitam de horário para dormir. Planeje três refeições e dois lanches por dia. Sirva fruta ou vegetal a cada refeição. Frutas e vegetais também são ótimos para os lanches. Ao invés de premiar seu filho com comida, dê premiação em forma de atenção (abraços, beijos, sorrisos) e brincadeiras.

A obesidade infantil atinge no Brasil entre 7% e 15% das crianças, dependendo da região e da classe social. Nos Estados Unidos o número dobrou na última década e, cerca de 30% das crianças, apresentam algum grau de sobrepeso. Algumas dicas de alimentação para crianças são:

Os alimentos devem ser oferecidos à criança para que ela aprenda a gostar. Se houver recusa no primeiro contato, deve-se insistir em outras vezes, pois novos alimentos têm sabores diferentes e, às vezes, promovem "caras-feias", mas com o decorrer do tempo o sabor passa a ser apreciado pela criança.
Apresente apenas um alimento novo a cada refeição, junto com os outros que seu filho já está habituado. Assim fica mais fácil experimentar. E faça esta apresentação no início da refeição, quando a fome é maior. Converse com ele sobre o alimento novo, explique de onde veio, conte uma história, enfim, desperte a sua curiosidade. Ofereça o leite para a criança duas horas antes ou após as principais refeições (almoço e jantar). O cálcio (presente no leite) diminui a absorção do ferro contido nos alimentos, podendo levar a criança a ter anemia.


Você também pode aproveitar receitas que seu filho gosta para adicionar alimentos novos. Faça um alimento que ele goste e adicione cenoura ralada ou tomate picadinho, enfim torne a refeição mais nutritiva. 
Lembre-se de que, para melhorar a alimentação de seu filho, é preciso antes de mais nada melhorar os hábitos alimentares da sua casa. Avalie se os alimentos que fazem parte do cardápio familiar são realmente saudáveis.

O melhor momento para formar bons hábitos alimentares é na infância. 


Fonte: http://www.nutricio.com.br/alimentacao-crianca.htm

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

10 motivos que podem prejudicar o seu emagrecimento




Para quem está na luta para emagrecer, dicas são sempre importantes, então, fui atrás de dicas para ajudar a fugir de armadilhas que nos atrapalham na nossa luta.

Achei essas dicas em um blog muito bom,  Agora ou Nunca, para verem a postagem original, clique aqui.


Fiquem atentos e sigam essas dicas para que possamos emagrecer com calma e sem perigo de voltar a ganhar uns quilinhos.


1. Estresse 

Estudos mostram que o estresse pode alterar o metabolismo e reduzir a queima de gordura. Como? O cortisol é um hormônio produzido em reações de estresse, ou seja, é liberado a partir de alimentação rica em gordura saturada ou trans, sódio, adoçantes, jejum prolongado (ficar horas sem comer alguma coisa), ansiedade, nervosismo, medicamentos, alcoolismo, dentre outros fatores. Em excesso, ele provoca retenção de líquido e acúmulo de gordura, especialmente na região abdominal. “Sendo assim, procure se livrar de fatores que lhe causem estresse, evite períodos prolongados de jejum e durma bem, pois, durante o sono, o cortisol permanece em níveis baixos”, fala a nutricionista esportiva e clínica, Andrea Zaccaro de Barros, de São Paulo.
2. Falta de padrão alimentar
Fazer refeições de maneira equilibrada, com intervalos constantes (3 a 4 horas) e em horários regulares, faz com que o ritmo metabólico se mantenha contínuo em nosso corpo. “O metabolismo fica ativo e proporciona uma efetiva queima de gordura, que acontece 24 horas por dia e auxilia na manutenção ou na perda de peso”, informa Andrea. Comece com o café da manhã e, depois de 3 horas, faça outra refeição pequena como uma fruta ou iogurte, pois logo terá o almoço e faça assim por todo o resto do dia. Apesar de muitas pessoas acharem que o carboidrato é o nutriente que engorda, ele é fundamental para a queima da gordura! Então, não o deixe de lado, mas sempre em pequenas porções e de preferência integrais, como o arroz integral, cereais matinais e pães ricos em fibras.

3. Exercícios fortes 
A prática de exercícios é ideal para quem quer perder peso, porém se estiver forçando muito, pode causar o aumento da fome para a recuperação do músculo nos dias posteriores. Portanto, cuidado! Exercitar-se é bom, mas em excesso, é prejudicial.
4. Intestino preso 
Para evitar a constipação e seu efeito de barriga dilatada, você precisa ingerir as fibras que estão presentes nas frutas, legumes, verduras, cereais integrais e em alguns produtos industrializados. Além de ajudar no funcionamento do intestino, elas eliminam algumas toxinas, evitam a total absorção das gorduras e saciam. Só vale ressaltar que as fibras necessitam de bastante água para ter esse efeito. Por isso, deixe sua garrafinha sempre por perto.

5. Falta de água 
Um estudo realizado nos Estados Unidos observou que consumir água entre as refeições e 2 horas antes de realizá-las pode ajudar a emagrecer, provavelmente devido à liberação do hormônio relacionado ao controle de apetite.
6. Exagerar nos alimentos “saudáveis” 
A linhaça é uma ótima opção para ajudar no funcionamento do intestino, redução de colesterol e peso. Porém, como qualquer outro alimento, se consumida em excesso, pode fornecer uma quantidade excedente de calorias. Isso também acontece com as frutas, que são ótimas fontes de fibras, mas contêm frutose, que quando ingerida em excesso em uma única refeição, como na sobremesa, pode favorecer o acúmulo de gordura.
7. Consumir apenas alimentos light e diet 
O consumo destes tipos de alimentos, diet ou light, com o objetivo de diminuir a ingestão calórica deve ser revisto. Para ser considerado diet, a fórmula tem que substituir totalmente um dos ingredientes tradicionais de sua composição, como a gordura, o açúcar e o glúten. Mas nem sempre o alimento diet apresenta menos calorias, por isso a importância de avaliar as informações nutricionais. Já os produtos light devem apresentar uma diminuição mínima de 25% de nutrientes ou calorias. Portanto, ler os rótulos dos produtos e compará-los com o alimento convencional será a melhor forma de verificar se eles atendem às suas necessidades.
8. Distração durante as refeições 
Quando fazemos uma refeição ou até mesmo um pequeno lanche, é importante que seja em local apropriado, com calma e sem muita distração. Caso contrário, comemos mais rápido e em maior quantidade, muitas vezes sem nem mesmo perceber. Dê tempo para seu estômago sinalizar ao cérebro que você está se alimentando, para assim, proporcionar saciedade. Mas não exagere muito no tempo de permanência à mesa após a refeição, nem mesmo deixe os recipientes sobre ela, pois eles podem fazer você repetir.
9. Recipientes grandes 
Pelos pratos estarem cada dia maiores (aumento de 25% nos últimos 30 anos) e os copos mais largos, as pessoa acabam consumindo maior quantidade de alimentos e bebidas sem se darem conta. Procure utilizar recipientes menores, na maioria das ocasiões, e deixe os maiores para alimentos leves, como as saladas.
10. Cozinha bagunçada 
Em uma cozinha desorganizada, fica fácil deparar-se com um pacote de biscoito já aberto que você devora em poucos minutos. Uma arrumada, com os alimentos devidamente guardados, evita esses beliscos fora de hora.
Ah, antes de terminar, uma recomendação de blog para quem quer mais estímulo para emagrecer. Minha amiga Cecília Cezar tem um blog próprio em que narra sua caminhada e suas vitórias, passa lá, é um excelente blog. O nome é Vivendo 365 dias, para conhecer basta clicar aqui ou na imagem abaixo.